CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE

O núcleo de extensão das Faculdades Esefap está preparando o CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE para os profissionais de saúde e outros profissionais envolvidos em saúde coletiva, que queiram prestar Concurso Público, se atualizarem na sua área de atuação. Início 09 de junho, com carga horária de 30 horas – Vagas limitadas.
O cursos de Atualização em Políticas Públicas tem por objetivo apresentar e discutir os mais recentes marcos teóricos e instrumentos necessários para que estudantes e profissionais possam atuar com segurança e de forma mais efetiva nas múltiplas dimensões da formulação e implementação das políticas públicas, projetos/programas sociais, proporcionando uma visão integrada do processo de Gestão Social.
 
Programa:
09/06 – Sistema Único de Saúde: assistência (Modelo Tecno- Assistencial de Saúde); gestão; controle social e sistemas de informação.
 
16/06 – Políticas de saúde pública: apresentação e discussão dos princípios diretores das políticas públicas de saúde no Brasil.
 
30/06 – Epidemiologia: conceitos, indicadores de saúde, vigilâncias em saúde.
 
INFORMAÇÕES SECRETARIA DAS FACULDADES ESEFAP
FONE: 14 34043030
Anúncios

CONHEÇA AS FACULDADES ESEFAP

Dia Nacional de Conscientização sobre o Autismo

DIA DO BIBLIOTECÁRIO

Unesp quer atrair pesquisadores estrangeiros

São Paulo – Com o objetivo de atrair pesquisadores estrangeiros para seus grupos de pesquisa, a Universidade Estadual Paulista (Unesp) lançou editais para regulamentar o Programa Pós-doc do exterior (Pdext) e o Programa para vinda de professor/pesquisador visitante do exterior (Pvext).

Imagem

Segundo a Pró-Reitoria de Pesquisa da Unesp, os editais não priorizaram áreas e as propostas serão analisadas com base no mérito científico e no quanto a vinda dos pesquisadores contribuirá para o grupo de pesquisa solicitante. A meta é receber 45 cientistas em um ano.

O Programa Pós-doc do exterior é voltado a jovens pesquisadores, que poderão permanecer no Brasil por até quatro meses. A bolsa mensal será de R$ 4 mil, por até quatro meses, mais auxílio deslocamento limitado a R$ 4 mil.

Já o Programa para vinda de professor/pesquisador visitante do exterior é voltado a pesquisadores seniores com comprovada produtividade científica, que possam contribuir para a consolidação de linhas de pesquisa brasileira. A vinda de cada pesquisador sênior terá o custo de R$ 10 mil, valor que inclui a passagem no valor de R$ 4 mil e auxílio estadia limitado a R$ 6 mil por até 30 dias.

Cada faculdade ou instituto da Unesp deverá apresentar propostas para os dois programas à Pró-Reitoria, que constituirá um comitê ad hoc para analisar as solicitações.

Fonte: Exame.com by Google Chrome

Educação e computação na nuvem: escolas podem ter bibliotecas com até 5 mil livros

No ano de 2010, o governo sancionou a lei nº 12.244, que, em sua essência, obriga todas as instituições de ensino, sem exceção, a disponibilizar bibliotecas até 2020. Trata-se de uma tentativa de facilitar o acesso de livros didáticos e obras literárias a alunos do ensino brasileiro. Mas, com a evolução da tecnologia e a disponibilidade de informações obtidas a poucos cliques, livros fisicos seriam mesmo necessários?

A Mix Tecnologia, uma empresa pernambucana de TI, acredita ter encontrado um meio termo para essa questão. É ela que gerencia, nas regiões Norte e Nordeste, toda a parte de logística comercial do projeto “Nuvem de Livros”. Trata-se de um modelo de negócios que alia a hospedagem de arquivos na nuvem com a evolução tecnológica favorável à educação. “Todos os lados são remunerados: empresa, editora, autor dos livros – todos saem ganhando de forma justa”, afirma Murilo Marinho, diretor da Mix Tecnologia.

A ideia de ambas as empresas é promover exatamente o que a lei nº 12.244 rege, mas de uma forma que não obrigue as instituições de ensino – por vezes, sem verbas suficientes para reformas físicas – a gastar dinheiro excessivo na construção de bibliotecas físicas. Por R$ 48,00 anuais por aluno, as empresas concedem acesso ao acervo que, hoje, está próximo da marca de 5 mil livros: “A lei não determina se as bibliotecas devem ser físicas ou virtuais. O nosso projeto é perfeito para isso justamente pelo fato de ser mais barato para a escola, além de remunerar autores através de um piso mínimo contratual que aumenta conforme sua obra se populariza. Levando em consideração que a maior parte das escolas já conta com acesso Wi-Fi ou laboratórios de informática, além do crescimento da internet móvel nas mãos de adolescentes, essa pode ser uma solução a longo prazo para os alunos”, diz Marinho.

Fonte: Olhar Digital. Leia matéria na íntegra em http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/como-a-educacao-brasileira-pode-ser-revolucionada-pela-nuvem

Faculdades ESEFAP: Informações sobre a secretaria acadêmica

ORGANIZAÇÃO DO CONTROLE ACADÊMICO

A Secretaria é responsável pelo registro e controle de todas as informações acadêmicas sobre os alunos, tais como: registro da documentação legal exigida pelos órgãos oficiais ; emissão de documentos e relatórios relativos à vida acadêmica dos alunos; acompanhamento da freqüência às atividades didáticas e pedagógicas; lançamento e controle das avaliações emitidas pelos professores ; processos de matrícula , rematrícula , trancamento e transferência.

Atendimento Acadêmico

Solicitação de serviços via requerimentos, inscrições e informações sobre os procedimentos internos para todos os alunos da FACULDADES ESEFAP – TUPÃ/SP.

Horário de funcionamento:

Segunda à Sexta das 13h às 17h (vespertino), das 19h às 22h45 (noturno).

Expedição de documentos

  • Certificados
  • Currículos de cursos
  • Diplomas
  • Programas de disciplinas
  • Histórico de formando
  • Histórico escolar

FUNCIONÁRIAS

Sandra Elisa Ramos da Silva Pasqualoto – Secretária Geral

Danielli Jaqueline de Godoi Pardo – Assistente de Secretaria

Roseli dos Santos – Assistente de Secretaria

Informações acadêmicas:

Telefone: (14) 3404-3030 ou (14) 3404-3039 (FAX)